Posted by: Aba Cohen | December 1, 2010

Computação na exa-escala

texto em Português

(FOR THE TEXT IN ENGLISH, READ BELOW)

A IBM anunciou nesta quarta-feira, 01 de dezembro/2010, o sucesso alcançado no desenvolvimento de uma nova tecnologia para acelerar a computação em direção à exa-escala (exa = 1018 ou um bilhão de bilhões ou um quintilhão, que em termos computacionais significa 1018 operações lógicas por segundo). O novo chip é baseado na tecnologia de integração nanofotônica com o CMOS (sigla em inglês: Complementary Metal-Oxide Semiconductor) que processa sinais elétricos e ópticos. Mais impressionante é a densidade de integração que, além do fator velocidade 1000X (a tecnologia anterior foi na escala PETA = 1015 operações lógicas por segundo), permite uma redução nos volumes dos dispositivos de um fator 10X, dando um fator de melhoria de 10.000 vezes na relação a velocidade/volume.

 

A escala EXA, utilizando a tecnologia nanofotônica abrirá novos caminhos para validar a lei de Moore, que estima um fator de 2x na eficiência dos computadores comerciais a cada 18 meses. O próximo passo, além da escala nanométrica, será um problema para a indústria de computadores já que iremos chegar à escala do átomo, um limite que nos levará a um novo paradigma na ciência da computação: A Computação Quântica em que termos como “estados emaranhados” e “QUBITS” irão dominar.

O novo chip da IBM, CMOS Integrated Silicon Nanophotonics, foto – cortesia da IBM


Responses

  1. Voce tem contacto de email

    Melhores cumprimentos


Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s

Categories

%d bloggers like this: